15 de jan de 2012

Oi sem capacidade de atingir metas de qualidade implementadas pela ANATEL


A Oi entregou à ANATEL um pedido para que 25 artigos que regulam a qualidade dos serviços das operadoras sejam anulados, em que o principal objetivo da Operadora Oi é a não obrigatoriedade de garantir 20% da velocidade contratada.

Um claro exemplo da péssima qualidade da velocidade da internet oferecida pela Oi, tanto em Internet fixa como móvel.

Outras normas que a operadora quer anular referem-se a percentuais e variação de latência, perda de pacotes e até mesmo a velocidade média oferecida, que deve ser de 60% em relação ao plano adquirido pelo consumidor.
A Oi também quer acabar com os critérios de qualidade de seus serviços móveis, como a exigência de que as chamadas se completem e a de que torpedos SMS cheguem em até 60 segundos após o envio.

Ou seja, a Oi quer manter a péssima qualidade e continuar a ficar impune, vendendo gato por lebre, prejudicando claramente o consumidor, que paga por algo que nunca irá ter.

Conheça o novo regulamento e os seus direitos


Fonte: Adrenaline

Um comentário:

  1. Bernadetelopesoliveira Oliveir17 de janeiro de 2012 00:24

    olá eu já vi muitos comentarios não tenho oi 

    ResponderExcluir