9 de jun de 2012

Griffith-Programa para catalogar filmes para Debian


Griffith é um programa gratuito em português para catalogar filmes.

Com ele é possível cadastrar e gerenciar de modo prático e rápido todos os filmes que você possui.

Ao se realizar o cadastro de um filme também tem a opção de baixar as informações do filme pela web.

Tem gerenciamento para emprestar, em que se cadastra a pessoa a quem se emprestou o filme e tem a opção pelo programa de enviar um e-mail à pessoa que está a demorar devolver.

5 de jun de 2012

Novo chipset é 1.000 vezes mais rápido que Bluetooth

Pesquisadores de Cingapura construíram e testaram um novo chipset que transfere 80 músicas MP3 entre dois aparelhos móveis em 1 segundo.
Transferir um DVD de 2 horas com 8GB demora 30s, com a velocidade atual esta operação iria demorar umas 8 horas.


O chip Virtus será apresentado publicamente durante a Computex de Taiwan, que ocorrerá neste mês de Junho. Mas os cientistas afirmam que já existem contatos com fabricantes para colocá-lo no mercado.

Fonte: Inovacaotecnologica

1 de jun de 2012

Google Chrome, o navegador mais usado do Planeta


Segundo a empresa Statcounter, em maio o Google Chrome passou a ser o navegador de web mais usado no mundo, em que os principais destaques do navegador, são: velocidade em abrir páginas da web, atualizações automáticas do navegador e do flash player, que aumenta em muito a segurança, a praticidade das extensões, e a grande compatibilidade com tudo que é feto para a web.

Pela primeira vez, depois da era Netscape, o navegador de web mais usado é da escolha dos usuários, e não uma imposição que obrigou durante anos as pessoas a usarem o Internet Explorer, em que nunca foi o melhor navegador, perdendo sempre para o Netscape e Opera, mas que devido ao monopólio criado pela microsoft se criou um ambiente em que as páginas da web eram feitas só a pensar no Internet Explorer, adaptando assim o conteúdo da web às dificuldades do IE em abrir páginas da web, hoje em dia não é mais assim, e as coisas estão ser feitas a respeitarem as normas da web, e os navegadores como Chrome, Firefox, Opera e Safari são projetados e desenvolvidos a respeitar essas mesma regras, e nesta atualidade o Internet Explorer corre atrás do prejuízo.

E os grande sinais de mudança:
  Deixe de desenvolver para o Internet Explorer e economize 100 mil dólares

Números apresentados referentes ao Mês de Maio pela  Statcounter

Google Chrome:  32,43%
Firefox: 25,55%
Safari: 7,09%
Opera: 1,77%