12 de abr de 2015

Falha do plugin de segurança warsaw dos bancos brasileiros bloqueia acesso à Internet e impede acesso à rede local

Em testes conduzidos por engenheiros do NIC.br, depois de relatos feitos em fóruns de discussões técnicas, motivaram a equipe do IPv6.br  a testar a solução warsaw versão 1.5.1, produzido pela empresa GAS Tecnologia, utilizada por algumas instituições bancárias para o acesso ao Internet Banking em computadores Windows, e problemas sérios foram confirmados: toda a navegação em sites que tenham IPv6 ativado é simplesmente bloqueada, isso afeta Youtube, Google, Facebook, Yahoo, Linkedin, Terra, UOL, Globo.com, os sites do NIC.br, e muitos outros.

Não é apenas a navegação usando IPv6 que é afetada. Todo o acesso a esses serviços, mesmo com IPv4 também disponível, é bloqueado pelo bug no software dos bancos.O relato sobre o bug foi publicado na noite desta quinta-feira, 09/04, no Fórum IPv6.br, do NIC.br.

Os especialistas destacam que a GAS Tecnologia, uma empresa do grupo Diebold, em seu site, descreve o Warsaw, "como uma solução que tem como premissa prover confiabilidade em transações eletrônicas. Este software é distribuído por instituições financeiras, governamentais e privadas, por intermédio da instalação ou atualização dos módulos de proteção instalados em seu computador.”

Não se trata mais de um plugin com atuação restrita ao navegador Web, mas de um software que atua diretamente no sistema operacional. O software é iniciado automaticamente junto com o sistema.

Fonte: IPv6.br 

A lista de problemas relatados  devido á instalação do warsaw da GAS Tecnologia uma empresa do grupo Diebold é gigante, como se pode ver em baixo.

Reclamações GAS TECNOLOGIA - A DIEBOLD COMPANY

10 de abr de 2015

Microsoft também vai abandonar o Internet Explorer nos smartphones


A Microsoft começou a liberar nesta sexta-feira, 10/4, a Build 10051 do Technical Preview do Windows 10 para smartphones, adicionando o navegador Project Spartan e diversos novos apps. A empresa também disse que o Spartan será, no futuro, o único navegador nos smartphones Windows.

O novo update adiciona suporte para o navegador Spartan, além de novas versões de vários apps: Mail, Calendário, Telefone, Mensagens, Pessoas, Mapasl, além de um novo switcher de apps.

No blog oficial para divulgação das novidades do novo projeto, a Microsoft confirmou que o Windows 10 vai vir com dois navegadores: o Spartan e o Internet Explorer. “Reconhecemos que algumas empresas têm sites que usam tecnologias mais antigas criadas apenas para o Internet Explorer, como controles ActiveX personalizados e o Browser Helper Objects”, conta Jason Weber, gerente do programa do IE. “Para estes usuários, o Internet Explorer também estará disponível no Windows 10”.

Por quanto tempo vamos ver o E azul, não sabemos, mas que ele está com os dias contados é uma realidade.

7 de abr de 2015

Windows 7 E 8.1 ganham atualização para download do Windows 10

Uma atualização opcional disponibilizada recentemente para o Windows 7 e Windows 8.1 instalou um utilitário para download do Windows 10.

De acordo com a descrição no artigo KB3035583, a atualização “habilita novas funcionalidades” no Windows Update. Ele não menciona o utilitário para download do Windows 10.

O utilitário conhecido como “GWX” notificará o usuário quando o Windows 10 estiver disponível e também fará o download e instalação do novo sistema operacional.


O utilitário para download do Windows 10 está localizado em C:\Windows\System32\GWX:

Fonte: Baboo

6 de abr de 2015

A Microsoft considera transformar o Windows numa plataforma open source

A Microsoft considera transformar o Windows numa plataforma open source, tal qual o Linux ou o Android. Isso significa que o código de um dos sistemas operacionais mais utilizados do mundo pode ser liberado gratuitamente no futuro.

Seria um passo enorme para uma companhia que lucra bastante justamente por causa da distribuição do sistema operacional, mas Mark Russinovich, um dos principais engenheiros da Microsoft, considera “definitivamente possível”.

Em um evento realizado recentemente, Russinovich declarou que este é o caminho para uma “nova Microsoft”, e ele tem calibre para fazer esse tipo de comentário, afinal, foi uma das pessoas que ajudaram a construir o Windows, segundo a Wired.

Obviamente, se a previsão do desenvolvedor se concretizar, ela não virá amanhã; afinal, ainda hoje a Microsoft tem boa parte de seus negócios baseada no licenciamento do Windows. Só que a cultura de distribuição do sistema já está mudando, uma vez que a empresa começou a liberá-lo gratuitamente (sem compartilhar sua codificação).



Fonte: Olhar Digital

INTEL LANÇA A SÉRIE NVME 750 - NOVOS SSD COM CONEXÃO PCIE

A fim de aproveitar ao máximo a velocidade oferecida pelo armazenamento SSD e não sofrer o gargalo da conexão SATA (originalmente criada para HDD), foi criada a conexão NVMe, que permite conectar o SSD ao port PCIe, bem mais rápido, do computador. Como qualquer tecnologia, o NVMe foi lançado primeiro para o setor empresarial, mas agora gamers e entusiastas de performance podem comemorar, porque a Intel está trazendo a conexão para o mercado doméstico.
São os novos SSD NVMe série 750, dispositivos de armazenamento que são ligados a um PCIe 3.0 x4 para oferecer velocidades de até 2.400MBps para leitura sequencial e 1.200MBps para gravação. O IOPS chega a 440.000 na leitura e 290.000 na gravação. Segundo o site do Tom´s Hardware, esses valores são quase quatro vezes maiores que qualquer outro IOPS disponível hoje no mercado.
E a Intel não vai restringir sua nova série 750 aos computadores desktop, lançando também uma versão 2,5´´ dos novos SSD. Essa versão é mais espessa que SSDs 2,5´´ comuns, medindo 15mm, e vai usar uma conexão compatível SFF-8639 para se ligar ao sistema. É prometida a mesma performance da versão padrão do hardware.
A SSD NVMe série 750 chega com duas opções de capacidade: 400GB e 1,2TB. Estranhamente, a Intel decidiu pular uma versão 800GB, que talvez vá depender do sucesso dessas primeiras versões para ser lançada mais tarde. O valor sugerido para o menor modelo é de US$ 389, enquanto o topo de linha sai por US$ 1.029.
Fonte: Adrenaline