3 de fev de 2015

Hardware reconfigurável


Leo McGilly e seus colegas da Escola Politécnica Federal de Lausanne, na Suíça, demonstraram que é possível criar rotas condutoras com apenas alguns átomos de espessura no interior de um material, e depois movimentar essas rotas à vontade, mudando-as de lugar ou mesmo fazendo-as desaparecer.

"Rotas condutoras" equivalem aos fios que interligam transistores, portas lógicas e circuitos dentro dos chips. Com a possibilidade de movimentar essas rotas condutoras, torna-se possível - apenas "mexendo os fiozinhos" - criar circuitos eletrônicos adaptáveis, que possam se reorganizar para operar de forma mais eficiente de acordo com a tarefa a ser executada.

Por exemplo, o circuito de um computador projetado para lidar com o som pode ser chaveado para ajudar no processamento das imagens se não houver som a ser tocado no momento. Além de tornar o processamento mais rápido, isso permitirá miniaturizar ainda mais os circuitos, já que os mesmos componentes eletrônicos poderão ser usados para várias finalidades. E se algum circuito pifar, outro pode tomar seu lugar, sem a necessidade de trocar o processador inteiro, por exemplo.

Fonte: Inovacão tecnologica

Nenhum comentário:

Postar um comentário