5 de jan de 2011

Presidente Obama prepara lei para espionar Skype e Facebook

Funcionários de agências governamentais norte-americanas trabalham em um rascunho de lei que fornecerá à Casa Branca a possibilidade de regular todo tipo de comunicação via plataformas online, como mensagens de texto e voz.
A iniciativa seria uma forma de estender para a web a capacidade de ‘grampear-espionar’ possíveis suspeitos de crimes ou atos terroristas.
Caso o projeto seja concluído e a lei aprovada, especialistas apontam que a medida pode ameaçar a privacidade dos internautas.

No final do ano passado, Robert S. Mueller III, diretor do FBI, viajou até o Vale do Silício para se encontrar com os principais executivos da região, o objetivo da visita foi negociar a expansão da Lei de Assistência das Comunicações às Aplicações da Justiça, criada em 1994, para que as companhias de internet também estejam sujeitas à mesma lei, desenvolvendo um sistema capaz de interceptar e desvendar mensagens criptografadas enviadas a partir de seus serviços.

Com o acordo, até mesmo e-mails enviados de outros países passariam por um servidor central, onde seriam investigados, antes de chegar ao destinatário americano. Naturalmente, uma autorização da Justiça dos Estados Unidos seria necessária para o monitoramento.
Fonte: IDGnow

Tornando assim os Estados Unidos o Espião do mundo.

Ler um e-mail sem autorização, é mesmo que um governo abrir e ler uma carta por mim enviada à minha Mãe, sem a minha autorização, ou seja:
Bem vindo à China Global

Nenhum comentário:

Postar um comentário