28 de jul de 2010

Anatel determina o fim da venda casada de banda larga

Finalmente o fim das vendas casadas de Banda larga.
Apesar de ser considerada uma prática ilegal, a venda casada era uma realidade, e se desenrolou nos tribunais durante anos.
O aparecimento da venda casada se deu quando a conexão discada perdeu expressão para a banda larga, provedores de acesso de multimídia como Ig, Terra, Globo, Uol entre outros, alegaram que como a tecnologia continuava a usar o fio do telefone (ADSL) tinham o direito de obrigar os usuários a contratar os seus serviços, um bom exemplo é quando se contratava internet com o velox, depois se era obrigado a contratar um desses ditos provedores, ou seja, pagar duas vezes para se ter um serviço de internet, o exemplo oposto é o da NET Virtua, em que se contrata a internet e saiamos navegando, sem ter que contratar mais nada. Quem quiser poderá sempre contratar um provedor de multimídia, mas agora teremos a opção de o fazer ou não, eu pessoalmente sempre achei esta situação um absurdo e um abuso para o consumidor.
No decorrer desta situação a Anatel regulamentou os provedores de Internet e proibiu outras vendas casadas de menor expressão, mas que existiam. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário