18 de set de 2010

Filtro anti-spam criado na Unicamp supera todos os competidores

Em 2008, internautas brasileiros enviaram 2,7 trilhões de spams. No primeiro bimestre deste ano, o país passou à primeira posição no ranking mundial, após ter sido responsável por 7,7 trilhões somente em 2009.
Tecnólogo em computação, Tiago desenvolveu em sua tese doutorado, defendida na Unicamp, um filtro para classificar automaticamente mensagens de e-mail: o MDL-CF Spam Filter.
Na maioria dos casos, os próprios servidores de e-mail oferecem filtros anti-spam, como o GMail, o Hotmail e o Yahoo. Entretanto, a sua eficácia depende diretamente dos seus usuários. "É preciso saber usar corretamente a ferramenta oferecida pelo gerenciador de e-mails. Se souberem, a eficácia pode chegar a 95%", garante o pesquisador.
Spam:
Os spams são enviados pelos spammers, pessoas que geralmente estão interessadas na comercialização de produtos. Existem também aqueles cuja intenção é prejudicar os usuários mediante o roubo de senhas, seja de alguma informação pessoal e até mesmo do uso do seu computador para enviar spams, uma prática que vem aumentando no Brasil.
Fonte da Noticia: Inovação Tecnológica

2 comentários:

  1. Que Post Fantástico!
    Amigo Paulo:
    Já favoritei o seu Post, pois, mais tarde eu vou verificar e se possível estudar o link da matéria. Eu estou conseguindo filtrar por dia uma media de 200 spams em meu Blog. É muito importante a sua notícia!
    Parabéns pela excelente matéria!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amigo Lison, um grande abraço e volte sempre.

    ResponderExcluir