30 de dez de 2010

APPLE É PROCESSADA POR PASSAR DADOS DE CLIENTES A REDES DE PROPAGANDA

A Apple, criadora do iPhone, enfrenta dois processos por supostamente vazar informações privadas de seus clientes a empresas de propagandas por meio de aplicações de seus produtos, informou na terça-feira (28) a imprensa dos EUA.

Segundo os processos, os iPhones e iPads da companhia de Steve Jobs contêm códigos de identificação que permitem empresas de propaganda obter dados pessoais dos usuários.

Estas aplicações estão vendendo informação adicional a redes propagandistas, nas quais se incluem localização, idade, renda, etnia, orientação sexual e opiniões políticas, assinala um dos processos.

A Apple também está sendo processada por um grupo de empresas por "espionagem de usuários" por meio dos chamados smartphones.

O envio de dados e informações pessoais dos usuários sem consentimento constitui um crime federal de violação da privacidade.

Fonte: Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário