25 de dez de 2010

Falha de segurança afeta todas as versões do Internet Explorer

A Microsoft confirmou na última quarta-feira (22/12) que todas as versões do Internet Explorer contêm uma falha crítica que pode comprometer a maquina do usuário caso ele acesse uma página infectada.

A falha, no motor HTML, foi descoberta há algumas semanas pela consultoria francesa Vupen. Na última terça-feira (23/12) os pesquisadores divulgaram um vídeo, demonstrando como ela poderia ser usada por crackers de modo semelhante ao que a companhia de segurança digital McAfee já havia alertado. O código malicioso desabilitaria dois recursos de proteção – o ASLR e o DEP – e iniciaria o ataque. Até que uma correção seja providenciada, a Microsoft pede aos que usam o IE para habilitar a ferramenta EMET – usualmente utilizada por usuários avançados -  melhorando as defesas do browser. A empresa publicou, junto ao seu aviso de segurança, as instruções para completar a tarefa.

Os usuários que utilizam IE7 ou IE8 no Windows Vista ou 7 estão menos propensos a terem suas
máquinas infectadas. Segundo a Microsoft, estes navegadores incluem um recurso chamado de
“Modo Protegido” que alertam os internautas antes que eles instalem, rodem ou modifiquem
certas operações do sistema.

Os outros browsers mais populares – Firefox, Chrome, Safari e Opera – não possuem a falha identificada no Internet Explorer.
Fonte: Computerworld

Nenhum comentário:

Postar um comentário